13 junho 2012

ATESTADO DE SAÚDE ANIMAL - atualizado

Aqui está uma lista da Documentação exigida para obtenção de Certificado Zoosanitário Internacional, fornecida pelo VIGIAGRO do aeroporto internacional TOM JOBIM, no Rio de Janeiro, que se localiza no TERMINAL 1, primeiro piso.

Fique atento as datas, pois o ATESTADO DE SAÚDE ANIMAL tem um prazo de validade e o CZI outro. Volto a repetir é sempre bom consultar o VIGIAGRO que atende a sua cidade para confirmar estas informações.



Aqui está o modelo de ATESTADO DE SAUDE ANIMAL, exigido pelo Ministério da Agricultura para a emissão do CZI (certificado zoosanitário internacional), fornecido pelo VIGIAGRO do aeroporto internacional TOM JOBIM, no Rio de Janeiro.

Nele deve conter informações sobre o animal (nome, espécie, raça, sexo, idade) e do proprietário, o que eu acho absurdo, já que no meu ponto de vista o veterinário não tem que atestar sobre o endereço do proprietário (mas quem sou eu para ir contra a BURROCRACIA brasileira).

Fique atento para o texto que é de suma importância, qualquer palavra ou vírgula fora do lugar eles rejeitam o atestado. Também esteja certo da data e do carimbo do Médico Veterinário.



Este primeiro modelo é para o animal viajar acompanhado do dono.




Fique atento para o texto que é de suma importância, qualquer palavra ou vírgula fora do lugar eles rejeitam o atestado.



Modelo já no papel timbrado do Médico Veterinário





O atestado pode ser confeccionado a mão mesmo. A única exigência que não haja diferença da letra do veterinário para a data e assinatura do mesmo.

Não se esqueça de levar junto a este atestado a carteira de vacinação do animal, bem como cópias dela, bem como do atestado.

Esta aqui é uma cópia da carteira de vacinação do meu Cãozinho, frente e verso. Fale com o veterinário que o atender para não carimbar em cima da data da vacinação do animal, isto quase criou um problema para mim, mas depois de muita lábia conseguimos resolver isso.

Mas é sempre bom consultar o setor que emite o CZI, pois as regras podem mudar a qualquer momento e tenho certeza que você não vai querer ter dor de cabeça, por isso se for possível, visite o setor competente antes da sua viagem.

6 comentários:

Cheers! Fla disse...

Muito legal esse "Guia" que voce fez! Adorei.

bjs

Cristiane A. Fetter disse...

Que bom que você gostou Flávia, espero que ele seja útil para quem esteja perdido como eu fiquei.
Beijocas

Lilian disse...

Certamente, será útil. Obrigada.
No Havaí, o processo é ainda mais trabalhoso. Ao chegar, temos que deixar os bichinhos isolados, como em quarentena, por um uns dias. Não necessariamente 40 dias, mas uma verdadeira dor de cabeça.

Karla Fonseca disse...

olá! Quero agradecer pelas infromaçoes postadas, me ajudaram muito.
Obrigada!

Cristiane A. Fetter disse...

Oi Karla, que bom que pude ajudar.
Abraços

Alexandra Nishiguchi disse...

Olá!! Adorei suas informações para tirar a documentação no Ministério da Agricultura. Vou viajar com a minha Layka(Yorkshire) e suas informações ajudaram muito. Mais uma vez obrigada!!