28 setembro 2009

Dicas para quem vai a Disney World - Orlando

Depois de tantos posts sobre a Disney, quero deixar aqui algumas dicas que eu acho importante para quem vai a primeira vez para lá:

Aqui na América do Norte o melhor período e o mais barato é na baixa estação e isto acontece de setembro a maio, pense na possibilidade de viajar nesta época.

Dê preferência a hospedagem em hotel. A casa que fiquei é maravilhosa, mas nós tínhamos a preocupação de arrumar nossas camas, fazer nosso café e dar um jeito na casa. Já que você quer férias e despreocupação o melhor lugar é ficar em um hotel.

Eu ví muitas bebes, mas sinceramente não acho legal viajar com crianças tão pequenas. Alguns brinquedos tem música muita alta, ou os lugares são muito frios e como a Flórida é um lugar quente a mudança brusca de temperatura não é recomendável. Sem contar que em algumas atrações entrar com crianças pequenas não é recomendável.

Compre uma mochila e nela leve sempre: protetor solar, lenços umedecidos, máquina fotográfica ou de filmar. Bolsas de ombro atrapalham. E o melhor, deixem os maridos/namorados/namorantes/amigos carregarem todo o peso, afinal de contas eles foram feitos para isso,rs.

Leve um par de tenis bem confortável, de preferência um que você já tenha amaciado. É um grande erro levar um novo, pois o mesmo pode machucar, e use meias de puro algodão. Eu caí no erro de levar meias com fibras sintéticas e elas me ajudaram a fazer as bolhas nos pés. Vi muita gente de sandálias, principalmente as mulheres, mas ví muita gente sentada colocando curativos nos pés, ou seja, caminhar muito e sandalinhas não combinam.

Pesquise muito sobre os parques que você quer ir. A informaçã,o como sempre, é a melhor arma. Tenha em mente que os parques abrem as 10 da manhã e normalmente com shows de abertura e que são muito bonitos, nós só ficamos sabendo disso depois, então se programe para acordar cedo e chegar lá antes da abertura. Pelo que percebi os parques começam a encher depois do 12 dia.

Orlando não possui só os parques da Disney, também possui muitas outras atrações como o Sea World e os parques da Universal. Planeje sua visita tendo em mente que atrações você quer visitar. Nós planejamos assim: queríamos visitar o maior número de parques da Disney e excluímos totalmente os da Universal. O Sea World que NÃO PERTENCE ao complexo Disney também ficou descartado e escolhemos visitar os parques aquáticos.
Isto faz muita diferença na hora de comprar os ingressos, pois dependendo da sua escolha, existem pacotes que saem bem mais em conta.
Agora se você for por agência de turismo o melhor mesmo é aproveitar o que eles tem já incluso, é claro.

Com relação a comida prepare-se, dentro dos parques tudo é muito, mas muito mais caro que o normal, tanto lanches rápidos quanto os restaurantes tradicionais. Fique alerta pois americanos e europeus costumam almoçar cedo, então os restaurantes ficam cheios a partir das 11:30. Procure caprichar no seu café da manhã, assim a fome não bate muito cedo.

Na maioria dos parques Disney existem mapas em português. Eles ficam disponibilizados bem na entrada, logo após as catracas, são gratuitos e facilitam muito a sua vida lá dentro.

Fique preparado pois todos os que entram com bolsas precisam passar por uma revista. É norma e não atrapalha de jeito nenhum a diversão.

Tenha paciência, pois tudo funciona muito bem e mesmo que você tenha que enfrentar uma fila vai dar tudo certo. Pelas minhas observações todos os funcionários são muito bem treinados para enfrentar uma quantidade grande de público.

Se você não for por agência de turismo, fique preparado para pagar o estacionamento. Com exceção dos parques aquáticos todos os outros tem cobrança e o preço foi de 12 dólares. Também obedeça a organização do estacionamento. Lá você tem que colocar seu carro na vaga estipulado e não aonde você quiser. Isso evita confusão.

Aproveite o sistema fast pass. Ele funciona assim: caso você chegue em uma atração e a espera seja muito longa, eles oferecem a opção de você pegar um passe e voltar em uma determinada hora. Veja bem, tem que voltar na hora marcada, se chegar em outro momento você não poderá entrar. Não custa nada e é uma forma de você poder aproveitar outras atrações e depois voltar e curtir aquela. Nós usamos em vários locais e foi muito bom.

Memorize onde seu carro ficou estacionado. As "ruas" de estacionamento tem marcações no chão e aéreas. Por exemplo: no Magic Kingdom nós ficamos no setor Pateta na rua 37. Isto facilita na hora de sair. Assim você não perde um tempo enorme procurando seu carro, afinal de contas vai estar cansado de tanto andar e doido para pegar o carango e ficar perdido em um estacionamento monstruoso não é legal.

Caso você decida visitar o Dowtown Disney, não se esqueça que a meia noite existe uma queima de fogos muito bonita. Lá é onde fica o Cirque du Soleil que tem o show fixo La Nouba. Lá também existem inúmeras atrações, restaurantes, e lojas para compras. É um complexo muito bonito e dependendo do pacote que você adquira, você pode ter o direito a estas atrações sem pagar mais nada.

Os brasileiros são conhecidos na Disnew como arruaceiros. Temos que mudar esta imagem. Eu acredito que isto se deva a grande quantidade de adolescentes que visitam o parque e por estarem sem os pais se sentem livres para quebrar as regras. Feio isso não é? Até porque alguns restaurantes até oferecem cardápios em português só para facilitar a vida dos brasucas. Nada como respeitar as regras que fazem tudo funcionar direitinho.

Do resto é relaxar e prestar atenção ao seu redor. Você vai perceber coisas muito interessantes, pessoas muito diferentes e terá ótimas memórias.

21 comentários:

Diego Borges disse...

Nossa Cris que chato a gente ser conhecido como arruaceiros, é aquela velha historia dos inocentes pagarem pelos culpados . Que possamos mudar isso um dia .
um abração !!!!

Lú Silva disse...

As dicas sobre a Disney já está registrada!!!!

bjos e obrigada

Beth/Lilás disse...

Cris querida!
Você é ótema!
Quantas dicas legais deu pra gente de bandeja e não vou esquecer de reler tudo isso quando for à Disney.
Como sempre, ficamos envergonhados com a pecha que recebemos e temos que reverter isso, né.
super beijos cariocas

Silvia disse...

Cris, não senti que consideravam os brasileiros arruaceiros, não. Tudo na mais santa paz. Inclusive tem muitos brasileiros trabalhando no parque, justamente para poderem atender o grande número de brasileiros que visitam o parque.

Outra dica que você deixou de fora, e eu não usei, mas usaria numa próxima visita, é o PhotoPass. Como você disse, a foto individual é cara (uns 15 dólares), mas a qualidade é ótima, e se você comprar o CD pra entrega em casa logo no primeiro dia, paga uns 100 dólares. Para comprar depois sai mais caro. Eu acho que vale a pena, e me arrependo de não ter entendido direito o que era (eu li no blog de uma amiga sobre isso). Pelos parques, você tira quantas fotos quiser com os fotógrafos oficiais da Disney. E sai a família toda na foto.

CEDM-MT disse...

Oi Cris!
Ainda não conheço essa terra, mas logo logo, meu filho começará a pedir para conhecer...
Obrigada pelas dicas.
Fica em Paz!
Beijo grande.

Marlia disse...

Super suas dicas para quem vai a disney. Com certeza venho visitar novamente esses posts sobre a disney pois no proximo ano estamos pensando em ir com meu filhote (que tem 3 anos e meio). Já moro aqui nos USA ha 9 anos mas ainda não fomos a disney. Já fomos a parques mais perto como: Busch Gardens(VA), Water Country(VA), Six Flags (MD), Hershey Park (PA), Sea World (TX) entre outros. Meu esposo queria ir esse ano mas achei que meu filho ainda era muito pequeno para a disney. Eles adoram parques e brincar em todos os brinquedos... já eu só gosto das atrações e alguns brinquedos. Sou eu quem oficialmente tira as fotos. ;o)
Obrigada pelas suas dicas e por usar um pouco, ou melhor, um muito de seu tempo para nos da essas dicas.
Bjs,
Marlia

Cristiane A. Fetter disse...

Diego é chato mesmo e até engraçado, mas como eu disse parece que se trata de grandes grupos de adolescentes que fazem isso.
bjks

Cristiane A. Fetter disse...

Lu, que bom, é sempre interessante partilhar nossas opiniões não é?
bjks

Cristiane A. Fetter disse...

Beth, é muito chato, mas cabe a nós pais fazermos esta mudança de conceito não é?
Adultos são bem vindos lá.
bjks

Cristiane A. Fetter disse...

Silvia, como eu até que eu encontrei um supervisor que quando soube que éramos brasileiros ficou espantado.
Depois de algum tempo de conversa ele nos disse que recebem um treinamento especial para grupos de brasileiros e principalmente de adolescentes que fazem muita bagunça, que não obedecem as regras que sempre tentam burlar as normas.
Que adultos normalmente são mais calmos. Comparados a grupos de chineses, japonese, mexicanos somos os mais bagunceiros e desrespeitadores.
Ele disse que já foi pior, mas que ainda sim estes grupos fazem muita confusão.
Como eu escrevi para a Beth, cabe a nós pais realizarmos este mudança não é?

Com relação as fotos eu não coloquei como dica pq não considerei uma boa coisa. Levei meu laptop e baixava as fotos todos os dias e as comparei com as dos "fotógrafos profissionais" e sinceramente as minhas estão muito melhores. Baseada nisso não achei que valesse a pena deixar na mão deles o registro de momentos tão importantes. Até cortar pés e cabeças eles fizeram. Claro que para quem esqueceu a máquina ou a bateria acabou (o que pode ser resolvido entrando em qualquer loja e comprando outras baterias) é uma forma de registro.
Mas como eu já disse, não considerei uma um trabalho tão bom que valesse a pena ser mencionado, aliás fiquei até muito decepcionada pois achava que o trabalho deles seria excepcional como tudo o mais nos parques.
bjks

Cristiane A. Fetter disse...

Tânia, blog novo e nem avisou nada? malvada, rs.
Sabe eu nunca pedi aos meus pais para ir a Disney, nunca tive vontade, engraçado né?
Mas quando soube que me mudaria para os Estados Unidos eu disse: se tem uma coisa que quero conhecer é a Disney World. Meu filho aqui teve uma lavagem cerebral sobre o Mickey e a Disney. Aqui passam muitas propagandas sobre tudo que tem lá, sobre os cruzeiros nos navios da Disney, os resorts, etc, então ficou impossível ele não pedir para conhecer.
Mas como diversão vale a pena mesmo, para as crianças é inesquecível e meu filho já está pedindo para voltar, rs.
bjks

Isabella disse...

Cris, tah tudo bem? Vc sumiu...

bjs

Cristiane A. Fetter disse...

Bella, sumi mesmo, do twitter, dos blogs, mas hoje mesmoe eu estava fazendo um texto, que vai ai ar amanha explicando o pq, rs.
Mas está tudo bem, exceto com a fisioterapia que estou fazendo, dói mais do que quando fiquei com o problema no ombro, rs.
bjks

Anônimo disse...

Cris! Estou indo na semana santa para a Disney, e queria agradecer tuas dicas! Com certeza foram e serão muito úteis pra mim... Obrigada!

Raquel.

Cristiane A. Fetter disse...

Raquel, que coisa boa, se eu puder ajudar em mais alguma coisa é só falar.
bjks

Anônimo disse...

Estou me preparando para uma viagem á Disney no primeiro semestre do ano que vem, em fevereiro. Tenho 13 anos e vou com um grupo de amigas com uma agência de turismo... Já nos concientizamos que devemos respeitar as regras e nos comportar por lá. Suas dicas foram muito boas, obrigada!!!

detudoumpouco disse...

Ótimas suas dicas. se não for demais te pedir, gostaria que vc me tirasse algumas dúvidas. Sobre o fast pass... Onde é adquirido( em que momento) ? Sabe dizer se os serviços de transporte dos hotéis, são eficientes? Estou indo no mês de dezembro deste ano... Vc acha necessário comprar as entradas por agora, ou não faz diferença se comprado na entrada do parque? Um grande beijo e tudo de bom pra vc!!!

Cristiane A. Fetter disse...

De tudo um pouco, o fast pass você adquire ao lado da entrada dos brinquedos. Normalmente eles disponibilizam este serviço nos brinquedos mais procurados. É fácil identificar, normalmente tem uma placa grande indicando.
Com relação ao transporte, acredito que seja eficiente sim, já que vï muitos ônibus fretados por lá.
Com relação as entradas eu não tenho ideia se seria melhor comprar agora ou lá, mas fique atenta ao dólar, já que o mesmo está tendo uma flutuação de valores constantes.
Espero ter ajudado.
bjks

yuruu disse...

eu quero ir pra disney, to doida pra ir.
eu vou num grupo onde eu não conheço ninguem, vai ser estranho, mas vc acha q eu posso esquecer q estarei 'desacompanhada'?
e nos lá somos conhecidos como bagunceiros?AFFF.q coisa.mas eu sou camlimnha,bem tranquila.
eu penso em comprar uma mala no brasil e levar.umas pessoas me disseram para eu levar um pequena e compra um grande lá.. qual a melhor?

Cristiane A. Fetter disse...

Yuruu, seus pais irão com você para a Disney? se não você se sentirá desacompanhada das pessoas que estão no mundo para garantir que você será um ser humano correto, não é verdade?
Você pode até ser tranquila, mas você já viu os grupos brasileiros que fazem bagunça por lá? fique atenta.
Com relação a mala, tudo depende do que você queira trazer, as malas aqui nos EUA são bem mais baratas que no Brasil, tenha isso em mente e também se você terá tempo para realizar esta compra.
Do resto, divirta-se

Gabriel GG disse...

Muito bom, eu ja fui para la uma vez, vale a pena voltar de novo ?